Show da Manhã
Início: 08:10:00
Fim: 10:59:00
Nestor Zanatta

POLÍCIA
01/03/2017 às 8h32
Cunhado se fingiu de morto em triplo homicídio registrado no Oeste
Homem de 25 anos conseguiu sobreviver à fúria de rapaz acusado de assassinar três irmãs em Cunha Porã
 
Compartilhe esta notícia:


Julyane foi morta e o marido Gilvane ficou ferido (Foto: Reprodução/Facebook)

Esposo de Julyane Horbach, de 23 anos, e cunhado de Rafaela Horbach, de 15, e Fabiane Horbach, 12 anos, Gilvane Meyer, de 25 anos, acabou se fingindo de morto para conseguir sair com vida do terror vivido pela família na noite deste sábado, dia 27, no interior do município de Cunha Porã. As três irmãs foram assassinadas a facadas.

O jovem sofreu ferimentos graves e conseguiu pedir socorro para os vizinhos. Gilvane passou por uma cirurgia no Hospital Regional Terezinha Gaio Basso, em São Miguel do Oeste. Ele precisou realizar um procedimento de drenagem no pulmão e segue internado na unidade hospitalar.

A Polícia Militar e o Corpo de Bombeiros foram acionados por um vizinho por volta das 21h20 de sábado. No caminho para o hospital, Gilvane contou que tinham mais pessoas feridas na casa. Duas mulheres morreram dentro da residência. O corpo de outra foi encontrado na parte externa, em uma estrada.

O bebê de dois meses, filho do acusado de cometer o triplo homicídio e de Rafaela, a vítima de 15 anos, estava dormindo em um quarto da casa no momento dos assassinatos. A criança não foi machucada e ficou aos cuidados do Conselho Tutelar.Suspeito preso

O suspeito é um jovem de 24 anos, preso no início da madrugada desta terça-feira, dia 28, ao dar entrada no hospital com ferimentos na cabeça, na cidade vizinha de São Carlos. Durante a manhã desta terça ele foi encaminhado para a Cadeia Pública de Maravilha e indiciado por triplo homicídio qualificado e tentativa de homicídio qualificado.

“Ele estava tentando fugir, mas com o trabalho em conjunto conseguimos localizá-lo. Quando chegou na delegacia, ele confessou que tinha ido sozinho até a casa das vítimas”, disse o delegado Joel Specht. O autor das facadas também afirmou que estava separado da jovem de 15 anos desde o início da gravidez.

Não se lembra dos assassinatos

Em depoimento na delegacia ele disse que cometeu o crime após ser impedido de ter acesso ao filho. O delegado informou ainda que o rapaz alegou não se lembrar de ter esfaqueado as jovens. Conforme o delegado, o depoimento foi contraditório.

“Para o crime, ele disse que utilizou uma faca que encontrou na casa. Não houve tempo para a reação das vítimas, quem conseguiu se defender foi o cunhado que também foi atingido. Ele falou que lembra ter esfaqueado o cunhado, mas não se recorda de ter ferido as mulheres”, relatou Joel.

Ainda segundo o delegado, Rafaela já tinha efetuado registros na polícia e solicitado medidas protetivas desde o ano passado por conta de ameaças feitas pelo homem e conflitos envolvendo a guarda da criança.

Dor da família

O velório das três irmãs ocorreu na Igreja Congregacional do Brasil de Cunha Porã, no Bairro Augusto Kempfer. O enterro foi realizado às 16 horas desta terça, no cemitério da cidade. "Eram filhas muito queridas, meu deus. Cada fim de semana estavam juntas, sempre. Hoje elas iam estar lá em casa, juntas, reunidas, e estão ali agora, para sempre. O que aconteceu não podia ter acontecido. A gente espera que ele pague pelo o que fez. Queremos justiça", disse o pai Neuri Horbach.

Investigações

O local do triplo assassinato fica na Linha Sabiazinho, interior de Cunha Porã. Na casa moravam a irmã mais velha e o marido, além da garota de 15 anos e o bebê. A menina de 12 anos estava apenas de visita na noite de segunda-feira.

A casa da família foi isolada para os trabalhos de perícia. A Polícia Civil e Militar participaram dos trabalhos durante esta manhã. Até esta publicação, a arma do crime não tinha sido localizada.

O delegado Joel Specht afirmou ainda que durante os próximos dez dias irá fazer outras diligências no local. Ele também ouvirá outras testemunhas, inclusive os pais das vítimas.

 
Comentário
 
      Nenhum comentário para esta notícia!
Deixe seu Comentário para a notícia "Cunhado se fingiu de morto em triplo homicídio registrado no Oeste"
(*) - Todos os campos são de preenchimento obrigatório.
Seu Nome*:
Seu E-mail*:
(o email não será publicado)
Cidade*:
Estado*:
Comentário*:
  500 caracteres restantes.
Eu li e aceito as regras de publicação de comentários. VER REGRAS
Sugerimos também a leitura dos TERMOS DE USO

VEJA TAMBÉM - Notícias relacionadas a POLÍCIA
 
22/03/2018 - Operação cumpre 34 mandados de prisão contra o crime organizado no Sul do Estado
Uma operação iniciada às 5h desta quinta-feira está cumprindo 34 mandados de prisão e 39 mandados de busca em apreensão no Sul do...
12/03/2018 - Polícia caça aliciadores de jovens catarinenses para tráfico internacional de drogas
Ao passar pela fiscalização da bagagem, o nervosismo a entrega. Pelo raio X, policiais observam sinais suspeitos no interior das...
12/03/2018 - Santa Catarina atinge arrecadação histórica de R$ 1,7 bilhão em ICMS
Santa Catarina bateu recorde de arrecadação do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Prestação de Serviços (ICMS) em janeiro,...
08/03/2018 - PRF e PM apreendem carreta com 450 mil maços de cigarros em Seara
Uma ação conjunta na tarde de quarta-feira (8) entre Polícia Rodoviária Federal (PRF) e Polícia Militar (PM) da cidade de Seara/SC...
02/03/2018 - Mais de mil mulheres estão presas em SC, com 165 podendo ter direito a prisão domiciliar
Santa Catarina tem 1.015 mulheres privadas de liberdade distribuídas em 13 unidades prisionais do estado. Do total, 322 (30%) são...
20/02/2018 - Corpo de mulher é encontrado em Xanxerê
O corpo de uma mulher foi encontrado por populares no centro da cidade de Xanxerê. O fato foi registrado na tarde desta...
20/02/2018 - Plantação com mais de 100 pés de maconha é encontrada em SC
Uma plantação com mais de 100 pés de maconha foi encontrada e incinerada pela Polícia Civil em Garopaba/SC , na tarde desta...
09/02/2018 - Menor suspeito de agredir homem em Ponte Serrada é apreendido pela Polícia Civil
uspeito de agredir violentamente um morador de Ponte Serrada com deficiências mental e motora, o menor de 17 anos teve sua...
09/02/2018 - Homem é preso por porte de arma de fogo e tráfico de drogas em Xanxerê
Um homem foi preso por volta das 13h da quinta-feira (8) na Rua Santos Dumont, no Bairro Primo Tacca em Xanxerê. Ele foi flagrado...
08/02/2018 - Novo delegado geral da Civil afirma que metas já foram traçadas para 2018
Um dos novos nomes da Segurança Pública, o futuro delegado geral da Polícia Civil, Marcos Ghizoni, diz que ainda não tratou dos...
25/04/2018 - Geral - 9 hrs
Confira quem paga meia entrada do ingresso na ExpoFemi 2018
25/04/2018 - Estado - 8 hrs
Postos do Sine de Santa Catarina oferecem 1.552 vagas de emprego
25/04/2018 - Estado - 8 hrs
Postos do Sine de Santa Catarina oferecem 1.552 vagas de emprego
25/04/2018 - Brasil - 8 hrs
Veto de Temer à federalização da Rota das Neves deve dificultar melhorias
25/04/2018 - Geral - 8 hrs
Caminhonete invade creche e deixa crianças feridas em Chapecó
25/04/2018 - Esportes - 8 hrs
CONTAGEM REGRESSIVA COMENTE! A 50 dias da Copa do Mundo, Tite tem vagas abertas...
22/03/2018 - Esportes - 9 hrs
Chape está na final
22/03/2018 - Tempo - 9 hrs
Cidades de SC registram temperaturas abaixo dos 10°C nesta quinta-feira
22/03/2018 - Polícia - 9 hrs
Operação cumpre 34 mandados de prisão contra o crime organizado no Sul do Estado...
22/03/2018 - Economia - 9 hrs
Taxa de juro cai para 6,5%, menor nível já registrado pelo Banco Central
Sobre Nós
Anuncie Aqui
Política de Privacidade
Termos de Uso
Contato
Horários de Atendimento
Segunda a Sexta das 07h às 12h e das 13h às 19h
Fone: 49 | 3435 0171
E-mail: contato@radionamba.com.br

Rua Marechal Floriano, 505
Ponte Serrada / SC
Cep: 89683-000
© Ideia Good - Soluções para Internet